Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Instrumentos Mortais - Cidade do Fogo Celestial

Imagem
      ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando. Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu mundo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da excitante saga Os Instrumentos Mortais.
      Infelizmente chegou ao fim essa série (maravilhosa!!!).  Tudo se desenrola para um desfecho da história de Jace e Clary, onde estão cada vez mais próximos, assim como outros personagens que ao longo dos acontecimentos se aproximam de forma mais madura. Clary, de uma forma inesperada, ajuda Jace com "seu" fogo celestial" e juntamente com seus amigos se preparam para uma guerra com Sebastiam. E a guerra em Idris não para com os Crespuculares e os integrantes da Corte de Seele. Novos personagens …

Querido Jaime - Eduardo Lages

Imagem
Jaime é um homem solitário, de 72 anos, que se sente oprimido pelo vazio de sua casa. No dia em que é forçado a deixar seu lar, o inesperado acontece. O idoso é lançado em uma jornada de autoconhecimento, cujo palco é a selvagem cidade de São Paulo. 
          Depois de um dia de trabalho, estava indo para o ponto de ônibus e me deparo, na esquina da Av. Paulista, uma bicicleta, toda decorada, divulgando o livro de Eduardo Lages. Fui e comprei o livro e, primeiramente, agradeço a atenção e carinho e pelo presente que é a leitura desse livro.            Uma leitura rápida e que passa tantos sentimentos e acontecimentos em poucas páginas.  Conta a história de Jaime, que depois de ser 'forçado' a sair de casa, acontecimentos inesperados surgem na vida desse idoso solitário. Nos deparamos com o modo como a sociedade tratam os idosos e os preconceitos vividos por eles. São situações que todos passamos no nosso dia-a-dia, mas que por mínimo que seja, podem mudar drasticamente a vida…